riomar melo prosa e verso
O homem só é grande quando está de joelhos.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
Textos


A minha musa


Nunca disse que tu não vales nada,
em lugar de ofender-te fico mudo,
como é que sendo pra mim quase tudo,
eu seria capaz dessa mancada?

Sonho tanto seguir a nossa estrada
abraçados, servindo-te de escudo,
meu sentimento por você desnudo
no aconchego das minhas madrugadas!

Oh Poetisa do meu coração!
Tu és pra mim filé, arroz, sopão,
a substância que alimenta a alma,

A minha deusa, a minha rainha,
que um dia sei que há de ser só minha,
musa fiel que meu tormento acalma!
RIOMAR MELO
Enviado por RIOMAR MELO em 19/06/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários