riomar melo prosa e verso
Feliz daquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos


Uma estrada


Humilde sempre foi minha ambição,
modesto sempre foi meu exigir,
pois sei, e vocês todos vão convir,
o que tem que ser meu me vem à mão!

Sempre que me recolho em oração
é mais pra agradecer que pra pedir,
benesses que recebo e que hão de vir
de Deus o Grande Autor da Criação!

Dou sempre as leis divinas atenção,
porém como matéria, qual cristão,
as vezes meu rancor ganha tal vulto,

pois santo nunca fui, nunca serei,
e sempre ao aloprar eu revidei
de alguma forma um covarde insulto!

 
RIOMAR MELO
Enviado por RIOMAR MELO em 11/02/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários