riomar melo prosa e verso
O tempo não pára no porto,não apita na curva,não espera ninguém.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos


Um dedo de prosa 2


-Entra aqui, senta, vai, fica à vontade,
tu não sabes o que a mente agita
o prazer que me dás com essa visita,
aqui moram só eu e a Saudade!

Liga o som, a TV, a casa invade,
vou fazer um café,cai bem na fita,
me desculpa a doideira que palpita,
é que prezo demais nossa amizade;

Toma agora o café,ta um colosso!
Olha,vais esperar pelo almoço,
vou ligar pra mulher mandar mais uma...

Sou agitado,uma coisa horrorosa,
vamos tirar um dedinho de prosa.
não conversamos foi coisa nenhuma.
RIOMAR MELO
Enviado por RIOMAR MELO em 18/09/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários